iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
Felipe | 14. agosto 2022

Valorant – TBK ou FURIA irão para o mundial

Ontem, a FURIA jogou a final superior do Valorant Last Chance Qualifier contra a carrasca brasileira KRU, do Chile. Já a TBK, jogou a semifinal inferior contra uma das maiores equipes brasileiras, a Vivo Keyd.

Assim, a FURIA buscava quebrar a invencibilidade dos latinos contra os brasileiros. Por outro lado, TBK e VK tinham um jogo de vida ou morte. Pois, quem perdesse, estaria fora do LCQ e, também, do mundial.

TBK apos vitoria sobre VK Valorant

Imagem: Riot Games

Vitória da TBK contra a Vivo Keyd

A princípio, o primeiro jogo do dia não tinha favoritos. Apesar da VK ter mais experiência em eventos internacionais, a TBK demonstra grande melhoria no Valorant. Dessa forma, a série foi muito acirrada entre as duas equipes.

O primeiro mapa foi Breeze, escolha da Keyd, que começou com uma primeira metade dominante. Apesar de abrir um 8 a 4, a VK sofreu na segunda metade, principalmente com Murizzz não fazendo uma boa partida.

Assim, a TBK recuperou a diferença, principalmente com Matheuzin e Lukzera fazendo clutchs para vencer por 13 a 11. Então, o segundo mapa foi a Bind, onde a TBK começou com um 4 a 0. Mesmo assim, a VK manteve a resiliência para fechar a primeira metade em 7 a 5.

Na segunda metade, a TBK venceu novamente o pistol e a rodada bônus, virando o placar, que ficou próximo toda a partida. Contudo, com entradas rápidas, a VK conseguiu plantar a spike diversos rounds e vencer a partida em 13 a 10, deixando o público de Valorant animado na arena.

Por fim, o último mapa foi Fracture, onde a TBK teve maior dominância. Após uma primeira metade equilibrada, com 7 a 5 para TBK, eles conseguiram anular o ataque da VK. Principalmente com a performance de Tuyz, que ajudou sua equipe a chegar na final inferior e continuar com o sonho do mundial após a vitória por 13 a 8.

KRU ainda domina o Valorant LATAM

Na segunda série do dia, a KRU novamente ganhou de uma equipe brasileira como se fosse uma tarefa fácil. Após uma boa campanha da FURIA, eles não conseguiram vencer um mapa contra os chilenos.

O primeiro mapa foi Breeze, onde os brasileiros deixaram vários espaços para a KRU avançar com seu estilo de Valorant agressivo. Com isso, em nenhum momento a FURIA teve chance de vencer.

Leia também: CS:GO – Imperial se despede de Peacemaker

Contudo, o segundo mapa foi uma grande possibilidade de empatar a série. Após duas metades equilibradas, o jogo foi para o tempo extra e a FURIA teve 2 map points. Depois de perder o segundo com uma grande vantagem, a KRU virou o jogo e venceu o mapa.

Por fim, o último mapa foi a Icebox, onde a FURIA não teve chances, perdendo de forma apática por 13 a 6. Assim, TBK e FURIA disputam a última vaga brasileira para o mundial de Valorant 2022.

Capa: Riot Games