Image
Icon
Felipe | 14. janeiro 2022

Valorant – Patch 4.0 Mudanças e Novo Passe

Em nosso último artigo trouxemos pra vocês todas as grandes mudanças que aconteceram com as armas e introduzimos a nova agente, Neon, mas calma que ainda não acabou. Desta vez vamos trazer as informações do novo passe de batalha, o rework dos mapas Bind e Breeze e o que mudou no sistema competitivo de Valorant neste patch 4.0.

Passe de Batalha Valorant

Toda grande mudança na jogabilidade do jogo requer uma cara nova para alegrar os jogadores que foram afetados, por isso a Riot Games apresentou um novo passe de batalha com vários cosméticos para suas armas e seu perfil. Entre eles estão skins de armas, chaveiros, cards e até mesmo sprays.

O dia dos namorados norte americano (Valentine’s Day) acontece dia 14 de fevereiro, por isso os desenvolvedores de Valorant resolveram trazer um pouco de inspiração amorosa para ser o tema principal deste passe. Existem cards, chaveiros e até mesmo sprays com a temática, então se você joga com seu namorado(a) ou crush, porque não equipar um deles para celebrar?

As armas também não estão de fora e receberam novas skins que chamaram a nossa atenção. Ao total foram 3 linhas de skins, Hydrodip, Schema e Velocity, trazendo um novo visual para vários equipamentos. Sabemos que gosto não se discute, porém a Vandal da linha Schema ficou especialmente linda. Se o estilo minimalista não for seu favorito, você pode dar uma olhada nas cores vibrantes da Velocity ou até mesmo no tema psicodélico da Hydrodip. Como de costume as facas são a sensação do momento, desta vez as Karambit chegam nas cores laranja, amarelo, roxo e ciano.

vandal

(Imagem: dotesports)

Leia também a primeira parte de nosso guia do novo patch: Valorant – Patch 4.0 Mudanças nas Armas e Nova Agente

Rework nos Mapas Bind e Breeze

BIND

Houveram duas mudanças no mapa que prometem um avanço mais fácil para a equipe atacante. O primeiro está no corredor da A, antes existiam duas caixas empilhadas, mas agora existe uma única caixa menor com degraus para um acesso mais fácil. Essa mudança foi necessária pois uma única cortina de fumaça era muito forte para a defesa (além da parede da sage).

valorant mapa 1

(Imagem: Riot Games)

A segunda mudança foi mais simples, adicionaram um banco na entrada do A para dificultar o ângulo do tiro do oponente inimigo quando estiver avançando.

BREEZE

Três das quatro mudanças aconteceram na A, sendo a primeira na porta que dá acesso ao bomb depois da caverna. Agora as portas estão mais largas e as escolhas de entrar/sair da caverna deixaram de existir, dando mais opções e facilidade de defesa aos defensores.

valorant mapa 3

(Imagem: Riot Games)

A segunda mudança ocorreu dentro da caverna, aqui foram colocadas duas caixas empilhadas para fornecer mais cobertura ao time atacante quando estiverem avançando. O time defensor também pode se aproveitar disso, pois toda proteção é bem vinda quando você está avançando, seja de qual lado esteja jogando.

A terceira ocorreu nas caixas triplas que protegia o fundo do bomb A e a largura da piscina das pirâmides, que agora vão até a parede mais distante. A cobertura fornece um local mais protegido quando estiver em um momento de retake, enquanto a extensão da piscina evita pulos desnecessários em meio a uma trocação de tiros.

valorant mapa 5

(Imagem: Riot Games)

As últimas mudanças aconteceram no ponto B, com uma nova parede e pilha de caixas bloqueando o fundo do bomb e trazendo mais opções para se esconder, útil para retomadas. Além disso, a porta que dá acesso ao bomb A não pode mais ser reativada até que sua ação de abrir ou fechar finalize, enquanto isso não era um bug, certamente vai melhorar a dinâmica do jogo.

valorant mapa 6

(Imagem: Riot Games)

Quando estamos falando de um jogo competitivo toda mudança – por mais simples que pareça ser – pode ocasionar uma série de diferenças em partidas competitivas. Como o patch aconteceu no começo desta semana, ainda é muito cedo para dizer se o que mudou realmente vai fazer diferença, mas é claro que os times profissionais de Valorant já estão testando todos os pontos positivos e negativos dos reworks.

Mudanças no Sistema Competitivo de Valorant

Todo jogo competitivo precisa de updates regulares para arrumar bugs, acrescentar conteúdo e fazer o balanceamento necessário, mas isso acaba fazendo com que o jogo fique cada vez mais complicado para as pessoas que estão começando. Pense bem, já não basta termos que aprender todas as habilidades dos agentes, mas também precisamos decorar nomes e ângulos corretos de cada mapa.

Tudo isso pode impactar negativamente um jogador que está jogando sozinho e sem ninguém para ensiná-lo. Com isso em mente, os desenvolvedores de Valorant resolveram colocar um requerimento de nível mínimo para que alguém possa participar de partidas competitivas. Isso foi muito bom em dois aspectos, o primeiro é que desmotiva – pelo menos um pouco – a criação de contas smurfs, já que upar uma conta nova até o nível 20 é um processo chato. A outra é que força o novato a jogar várias partidas no modo sem classificação, aprendendo como lidar com todos os agentes e suas habilidades e de se acostumar com os mapas disponíveis.

Além disso, a penalidade de Classificação Ranqueada para grupos de 5 pessoas também foi reduzida. A empresa afirmou que estava sendo muito severa com as penalidades em vitórias/derrotas para grupos fechados, então acabaram reduzindo em 25% para jogadores no Diamante 2 e inferior. Essa foi uma ótima mudança, garantindo que jogadores se sintam confortáveis em jogar com seus amigos sem ter medo de serem penalizados pelo sistema.

Por fim, houveram várias reclamações em fóruns de Valorant onde pessoas estavam jogando um mesmo mapa várias vezes seguidas. Para aqueles que só conseguem jogar duas ou três partidas por dia isso é horrível, por isso a Riot Games aumentou a aleatoriedade dos mapas, reduzindo a chance de você jogar o mesmo mapa em partidas seguidas.

Bugs Solucionados

Todos sabem que Valorant tem seus bugs, sejam eles grandes ou pequenos, mas não podemos dizer que a Riot Games não esteja trabalhando neles. Neste novo patch dois deles foram solucionados, e embora não sejam impactantes em nossas partidas do dia a dia, é bom saber que foram arrumados.

O primeiro fazia com que o contador de abate característico não fosse atualizado visualmente, algo simples que não incomodava muita gente, porém o segundo afetava o mundo profissional onde treinadores estavam enfrentando problemas ao mudar de jogadores com o teclado numérico e cliques do mouse.

Com isso finalizamos nosso guia de mudanças do patch 4.0. Você já está jogando? O que achou das mudanças? Fique ligado na Fragster para ter novas notícias do mundo de Valorant.