iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
| 28. dezembro 2021

CS:GO: Sr. Consistente: A História de Dev1ce Parte III

Hoje, vamos contar a terceira e última parte da história de dev1ce, mostrando como sua presença ajudou a Astralis a se tornar a melhor equipe de Counter Strike do mundo, entrando para a história do jogo.

Astralis 2.0

Com a entrada de Magisk, muitas coisas mudaram para os dinamarqueses, e não estamos falando de táticas e jogadas, mas sim de treinos físicos, sessões de terapia, dieta, e muitas outras atividades longe de uma tela de computador. Tudo isso se tornou parte de uma rotina focada em melhorar a saúde mental dos jogadores que, consequentemente, também aprimoraria seus desempenhos no jogo. Na época essa já era uma tática utilizada por algumas das maiores organizações do mundo, porém, os dinamarqueses conseguiram aproveitar muito deste balanceamento.

Em um período de sete meses, a Astralis participou das finais de sete torneios. O time estava com uma atitude muito melhor, e era claro o seu favoritismo para vencer o próximo Major que estava se aproximando. Todos da equipe estavam em sincronia, porém dev1ce estava tendo uma atuação extraordinária com a sua AWP, empurrando cada vez mais o time dinamarques em rumo a vitória. Até a final, conseguiram uma jornada quase que impecável, perdendo apenas um mapa na fase de grupos, mas a taça do campeonato foi para o time e a medalha de MVP, merecidamente, para dev1ce.

Deste ponto em diante (até o Major de 2019), era claro que o time tinha algo que os outros não tinham, o que foi provado com eles vencendo 8 torneios em um curto período de seis meses. Além disso, se tornaram a primeira equipe a vencer o Intel Grand Slam em 2018 (campeonato que ficariam em segundo lugar no próximo ano). Obviamente, durante todo esse tempo eles eram a escolha favorita nos sites de apostas, ainda mais no Major Katowice de 2019. Aqui, fizeram mais uma ótima performance onde, novamente, perderam apenas um único mapa em todo o torneio. Com mais essa vitória, acabaram igualando o recorde de 3 vitórias em Majors com o, até então, campeão fnatic.

Como todos os times no Counter-Strike, ninguém consegue ficar no topo por muito tempo. Nos próximos seis meses a Astralis enfrentou algumas dificuldades que, finalmente, fizeram com que perdessem o título de time “dominante”, mesmo que momentaneamente. Eles ganharam apenas um torneio depois do Major Katowice, e enquanto isso, a Team Liquid vinha eliminando toda a concorrência, se tornando cada vez mais fortes. Aquilo que temiam acabou virando realidade, com a sequência de vitórias do time norte americano no Grand Slam de 2019 e também em quatro outros torneios consecutivos que participaram, isso até o Major Berlin de 2019, onde eram, claramente, os favoritos.

devicep3 img1

Um time que está em declínio tem duas opções, desistir ou se reinventar, e a segunda opção foi exatamente o que a equipe dinamarquesa fez. Depois de estudar seus rivais norte americanos a exaustão, acabaram enfrentando eles nas quartas de finais, onde surpreenderam todos os espectadores, narradores e, principalmente, os jogadores da Liquid, ao escolher o mapa Vertigo, a escolha principal da Team Liquid com uma taxa de vitória de 100%. Para a surpresa de todos, a Astralis conseguiu a vitória por 16-8, dando o boost emocional que tanto precisavam para continuarem invencíveis pelo resto do torneio.

Essas partidas tiveram uma performance excelente de dev1ce, que conquistou o MVP com a vitória de 2 a 0 para o time dinamarques sobre os americanos, fato que se repetiu nos playoffs com outra atuação impecável do jovem sniper. O número de conquistas como melhor jogador não paravam de chegar, o que fez com que seja conhecido, até hoje, como o jogador com maior números de MVPs da história do jogo.

Poucos meses depois disso, o mundo enfrentaria a maior dificuldade em muito tempo, a pandemia. Isso foi duro para muitas equipes de esports, porém foi claro o quanto isso afetou as do Counter-Strike. Com o cancelamento de todos os eventos offline, todas as organizações tiveram que se ajustar ao mundo online, algo que acabou abalando toda a comunidade, inclusive a Astralis. Ainda não sabemos o real motivo, mas o time dinamarques acabou tendo um rendimento cada vez pior, fato que fez com que dev1ce tomasse a chocante decisão de deixar o time em 2020 pelo NiP, situado na Suécia. Claramente, esta foi uma decisão que colocou o fim na “Dinastia Astralis”, uma equipe tão temida que nenhum time conseguiu, de fato, superar por um longo período de tempo. E com a saída do sniper, o declínio era inevitável.

A Vida Sueca e o Major de 2021

Um divorcio nunca é fácil para ninguém, especialmente para jogadores que estiveram juntos desde o começo de suas carreiras. O NiP de dev1ce demorou muito tempo para engrenar, mas depois de sete meses finalmente conseguiram ganhar um torneio, e as coisas não pararam por aí. Com um desempenho crescente inacreditável, a equipe conhecida por ser o “feijão com arroz” do CS:GO acabou subindo muitos ranks em pouco tempo, alcançando a segunda posição de melhores time do mundo assim que o Major estava para acontecer.

devicep3 img2

A equipe e dev1ce encontraram sua sincronia no melhor momento possível, com a NaVi sendo considerada a melhor equipe do mundo, e com razão. Seu estilo de jogo e resultados eram, de fato, merecedores do título de campeão, e no estágio de Lendas o confronto contra os ucranianos foi violento. Com um triste resultado de 2-0, a equipe sueca foi derrotada pelo grupo de s1mple que garantiram a qualificação de seu time para os playoffs.

Mais tarde, dev1ce enfrentou seus ex-companheiros de equipe da Astralis no segundo round das lendas e, para a surpresa de muitos, isso não afetou a sua performance, dando um espetáculo digno de MVP e derrubando o time dinamarques com o resultado devastador de 16-1. Depois de uma derrota na melhor de três para a Vitality (outro time em ascensão), a Astralis deixou o Major ainda na fase de grupos, um resultado terrível para uma equipe tão talentosa. Enquanto isso, a NiP havia perdido para o Gambit, mas conseguiram vencer o CPH Flames para garantir sua vaga nos playoffs, diante da torcida em Estocolmo. Infelizmente, não conseguiram bons resultados e acabaram sendo eliminados para a G2.

Leia também: CS: GO – Sr. Consistente: A História de Dev1ce – Parte II

A Lenda de dev1ce

devicep3 img3

Seja como for, dev1ce foi, e ainda é, uma parte irrefutável da história do Counter-Strike, ainda mais quando estava junto de seus irmãos de carreira dupreeh e Xyp9x. O jogador é muito brilhante, tanto em suas jogadas pessoais como no trabalho em equipe. Por isso, tanto ele quanto a Astralis nunca serão esquecidos. É claro que estamos observando um crescimento incontrolável da NaVi e, principalmente, de s1mple, mas dev1ce vai sempre ser considerado o homem mais valioso entre uma safra de grandes talentos, e só o tempo vai dizer o que o futuro guarda para essa lenda.

Gostou do post? Então siga o Fragster no Twitter e fique por dentro de tudo sobre o mundo dos Esports!