iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
| 4. dezembro 2021

Esports: os maiores jogos competitivos do mundo da atualidade

Claro, o Super Bowl tem alguns milhões de telespectadores a mais do que os jogos eletrônicos, só que nos últimos 5 anos os eventos de eSports também encheram estádios e arenas. Hoje em dia, os pro players podem facilmente se tornar milionários, e mesmo que a maioria não consiga ficar rica, eles ainda podem ganhar a vida do valor dos prêmios e de seus salários. Claro, assim como nos esportes tradicionais, tudo depende do jogo que está sendo jogado.

Alguns podem te recompensar com contratos em grandes organizações, enquanto outros vão te pagar em cupom de desconto. Hoje vamos dar uma olhada nos maiores jogos de esports que existem!

League of Legends

esports img1

Final entre G2 e FPX teve presença de milhares de fãs na Arena (AP Photo/Thibault Camus)

Em primeiro lugar – é claro – está League of Legends. Em termos de número de jogadores, Fortnite é capaz de bater de frente com ele, mas só o LoL é capaz de lotar estádios e segurar milhões de espectadores em seu campeonato mundial.

Counter Strike: Global Offensive

Counter Strike sempre foi um filho bastardo da Valve. Claro, seus desenvolvedores continuam trazendo dois majors por ano, mas isso é basicamente todo o suporte que dão a cena de esports. Quando olhamos para o Dota 2 como exemplo, fica claro o quanto pouco esforço eles colocam em CS:GO.

Mesmo assim, o jogo evoluiu muito nos últimos anos. Existem até campeonatos menos “extravagantes” que são abertos a basicamente qualquer pessoa, permitindo que várias organizações tomem a liderança do projeto.

ESL DreamHack, Starladder, ELEAGUE, EPICENTER são alguns exemplos de torneios que podiam ser acompanhados antes da pandemia, e assim que os eventos offline retornarem, esses campeonatos também vão voltar.

A grande diferença de CS:GO para outros jogos é justamente esse tipo de liberdade. Eventos de League of Legends e Rainbow Six: Siege, por exemplo, só podem ser hospedados por seus desenvolvedores. Durante a pandemia para muitos times tier 2 ou 3, a liga challenger de Rainbow Six era basicamente a única coisa a ser jogada, enquanto no CS era possível acompanhar múltiplos campeonatos ao mesmo tempo.

CS:GO pode não ter o mesmo número de espectadores de jogos como League of Legends, mas seu público é grande e fiel. Para quase todos os níveis de jogadores existem eventos o suficiente para continuar sendo relevante, mesmo durante a pandemia.

Leia também: Analisando táticas em CS:GO – NaVi – Parte I

Dota 2

ti

As coisas são um pouco diferentes quando estamos falando de Dota 2. Em vez de ter o maior número de espectadores ou até mesmo de jogadores, eles simplesmente distribuem os maiores prêmios da história dos esports.

A fama de “maior prêmio de todos os tempos” começou no “The International 2015” – sendo superado no próximo torneio de 2016. Essa coroa permaneceu por anos, até que o prêmio do International de 2019 chegasse a 34 milhões de dólares. Este único evento de 2019 pagou mais do que todos os campeonatos mundiais de League of Legends desde 2011! No entanto, em termos de número de jogadores, o Dota 2 fica atrás até mesmo do CS:GO. Nos horários de pico em 2019 era comum o número de jogadores chegarem a mais de um milhão, mas hoje em dia este número vem diminuindo, alcançando uma média entre 500 e 600 mil.

Então resumindo, League of Legends, CS:GO e Dota 2 são os maiores esports de todos os tempos. Jogos como Fortnite também se destacaram nos últimos anos, mas primeiro eles devem provar que conseguem manter um certo padrão por mais de uma década. Apenas alguns candidatos conseguiram tamanha proeza.

No momento, a cena de esports de Fortnite se destaca através de eventos como o “Ninjas Battles” do streamer Ninja e a copa mundial de 2019, mas fora isso não houve nenhum outro evento marcante. Claro, isso tem muito haver com a pandemia, mas nesse meio tempo a sua audiência vem caindo bastante. O mesmo vale para PUBG e vários outros jogos do estilo Battle Royale.

Os eventos de Valorant também não são muito confiáveis. O “VCT Masters Berlin” teve mais de 800 mil espectadores, mas os eventos regionais na Europa estão enfrentando dificuldades para crescer. Nos Estados Unidos, as estatísticas estão crescendo, mas não em um ritmo bom o bastante aos olhos da Riot. O jogo ainda tem uma longa estrada pela frente até que possa estar no mesmo nível de CS:GO e dos outros.

Claro, não podemos nos esquecer de que é da Riot que estamos falando. Eles sabem muito bem o que deve ser feito para fazer um esports dar certo. Mais importante, nem todos os jogos precisam ser gigantes como LoL ou Dota 2 para que tenham uma comunidade saudável. Hearthstone, Call of Duty, Overwatch, Rocket League, Rainbow Six: Siege, StarCraft II, Super Smash Bros, e até mesmo Pokémon são exemplos de esports que sobrevivem hoje em dia!

Gostou da lista? Então nos siga no Twitter e não perca mais nenhum conteúdo sobre o mundo dos Esports!