iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
Felipe | 22. setembro 2022

LOL – Chovy está com medo de ir para os EUA

Recentemente, o LOL sul-coreano vem sofrendo com diversos episódios tristes envolvendo ameaças e violência. Em um deles, toda a equipe da T1 foi vítima de discurso de ódio, ameaças de morte e xenofobia.

Além disso, um dos jogadores mais populares do mundo, Chovy, comentou sobre seu medo de participar do mundial. Cada vez mais próximo do início da competição, parece que os jogadores da região não estão confortáveis com a viagem.

geng chovy lol worlds korea

Imagem: GENG ESPORTS Twitter

Pronunciamento de Chovy

O jogador recentemente é considerado um dos melhores do mundo, principalmente depois dos resultados da T1. Ele foi um dos principais destaques da grande final da LCK, onde a Gen.G venceu a T1 por 3 a 0.

Além disso, ele é constantemente usado como um dos rostos do LOL internacional, aparecendo em vídeos e campanhas. Por isso, ganhou grande popularidade até mesmo fora da Coréia do Sul.

Contudo, em um vídeo na plataforma Weibo, o jogador sul-coreano comenta sobre seu medo de participar do mundial nos Estados Unidos. Quando perguntado sobre suas expectativas da viagem para os Estados Unidos, ele respondeu: “Espero não levar um tiro”.

O vídeo foi parar no Reddit, gerando muita repercussão, antes de ser removido. Mas, segundo o autor do post, Chovy também comentou que cortará o cabelo antes da viagem com medo de ir ao barbeiro.

Após isso, muitas pessoas envolvidas na comunidade de LOL começaram a discutir as falas de Chovy nas redes sociais. Isso causou uma grande polêmica entre fãs e influenciadores internacionais do jogo, principalmente os que moram nos Estados Unidos.

Reação da comunidade de LOL

A princípio, algumas pessoas fizeram piadas em relação ao pronunciamento de Chovy sobre seu medo de ir aos Estados Unidos. Em certas respostas, pessoas defendem que o país não é tão perigoso quanto o jogador acusa ser.

Já em outros cometários, é possível ver pessoas defendendo o posicionamento de Chovy em relação aos seus sentimentos. Muitos ainda comentam sobre a vivência de pessoas racializadas nos EUA.

Então, o vídeo de um jogador de LOL da OWL que vivia no país foi compartilhado com uma fala sobre sua experiência lá. Segundo ele, durante a pandemia, quando ele era visto usando máscara, era xingado, as pessoas tossiam em cima dele e o chamavam para brigas, coisas que não aconteciam com norte-americanos usando máscaras.

Leia também: CS:GO – k0nfig fora do classificatório do IEM

Outro post que chegou nas respostas foi do caso de Sayaplayer, que foi a um restaurante nos EUA e pessoas jogaram tomates nele. Principalmente depois da pandemia, a visão sobre pessoas asiáticas no país norte-americano piorou.

O número de crimes de ódio no país cresceu 5% no primeiro semestre de 2022 em relação a 2021. Por isso, muitas pessoas entenderam a fala de Chovy e pediram para que não fizessem piadas sobre isso.

Capa: Gen.G