Image
Icon
Yasser | 18. janeiro 2022

Esports: 4 marcas gigantes que já investiram nos Esports no Brasil

O cenário de Esportes Eletrônicos no Brasil está cada vez crescendo mais e sem parar. A prova disso são os números de audiência que só crescem, os altos investimentos de empresas organizadoras de campeonatos, organizações, plataformas de streamings e vários outros segmentos dentro da área e também, o investimento publicitário de grandes marcas. Por conta disso, nós do Fragster preparamos uma lista lembrando 4 de uma lista bem extensa de marcas gigantescas que já investiram nos Esports, seja patrocinando equipes como também criando o seu próprio time.

Antes de começar a nossa lista, um breve disclaimer de que essa não é uma publicação patrocinada, e sim apenas uma matéria com fatos que aconteceram nos Esportes Eletrônicos envolvendo grandes marcas ao redor do mundo.

Adidas e CNB

Em janeiro de 2016, uma das primeiras fortes “movimentações publicitárias” que houve no cenário de Esportes Eletrônicos foi a CNB anunciando a parceria com a Adidas, uma das maiores marcas de material esportivo do mundo inteiro. Na época, os Blumers tiveram todas as suas vestimentas: agasalhos, calças, bonés, camisas de jogo, camisas de treino, camisas casuais e qualquer outro material esportivo feito pela empresa alemã. A Adidas é pioneira nesse mundo, dominando o mercado junto a outras grandes marcas como Nike, Puma, Umbro e muitas outras. Além disso, a empresa também patrocina e patrocinou outros gigantes dos Esportes, ao exemplo de equipes como Real Madrid, Flamengo, Messi, Juventus, Manchester United e vários outros clubes de futebol, outros esportes e grandes atletas ao redor do mundo. Na ocasião da parceria com a CNB, a comunidade de Esports e principalmente do CBLOL foi a loucura, pois foi a primeira vez que viram no campeonato uma marca tão grande patrocinar uma equipe.

INTZ e OMO!

A INTZ também foi uma organização que sempre foi muito criativa e conseguiu inúmeras grandes marcas investindo em suas equipes. Um dos maiores exemplos disso foi a época que a empresa teve como patrocinador a OMO!, marca de sabão em pó e outros produtos de limpeza que é líder de mercado no Brasil. Além da OMO!, a INTZ também já recebeu patrocínio de outras gigantes de outras indústrias como Lupo, LG, China In Box e muitas outras empresas.

paiN e BMW & Coca-Cola

Talvez o patrocínio mais impactante da lista, a paiN Gaming não fica para trás de jeito nenhum. Uma das maiores organizações da América Latina, a paiN já contou (e ainda conta, no caso da BMW) com patrocinadores gigantescos como Coca-Cola, a marca de refrigerante e bebidas mais conhecida do mundo inteiro e a BMW, empresa gigantesca do ramo e indústria de carros. A parceria entre as empresas já concebeu até boas ativações comerciais, principalmente em conteúdos audiovisuais em que jogadores da equipe apareciam dentro de carros da empresa.

Leia também: CS:GO: Acordo de Louvre da ESL e times Majors é renovado até 2025

MIBR, LOUD, Herobase e Itaú

Recentemente, outro setor gigantesco que mexe e muito com a economia começou a aparecer nos Esportes Eletrônicos. Estamos falando dos bancos. Já vimos anteriormente o Next fazendo aparições na LBFF e em outros campeonatos, o Banco do Brasil no caso do Gaules e CBCS (Campeonato Brasileiro de Counter Strike: Global Offensive) e agora temos o Itaú, que é um dos maiores bancos do país patrocinando três grandes equipes do cenário de esportes eletrônicos. Além de LOUD e MIBR, o banco também patrocina a Herobase, organização muito conhecida pelo investimento no mercado de Fortnite.

E assim encerramos a nossa lista! Acha que não citamos alguma marca que deveria ter aparecido? Então comente nas nossas redes sociais e deixe a sua opinião! E se você gostou da matéria, siga o Fragster agora mesmo no seu Twitter e não perca mais nenhum conteúdo sobre Esportes Eletrônicos, Games e Hardware!