iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
Felipe | 28. junho 2022

CS:GO – Sdy revela segredos do sucesso da NAVI

O jogador ucraniano Sdy, em entrevista recente, falou bastante sobre sua nova equipe.  Assim, relatou os aspectos que enxerga na NAVI que colocam a organização à frente de todas as outras no cenário internacional de CS:GO.

Mesmo com futuro incerto, Sdy chegou à equipe por empréstimo da Mad Lions, após o IGL da NAVI, Boombl4, ir para o banco. Essa mudança aconteceu após o início da guerra entre Rússia e Ucrânia, gerando problemas de logística para o russo.

O que Sdy enxerga no sistema da NAVI

sdy major csgo

Imagem: HLTV

O jogador relatou que a equipe tem todo um sistema para adaptar novos atletas para jogar em conjunto com os antigos. Assim, existe toda uma equipe preparada para encontrar o entrosamento entre eles tanto dentro quanto fora de jogo.

Além dos treinos, há todo um preparo psicológico e ao redor da vida dos atletas para que eles possam se dedicar integralmente à vida de jogadores profissionais. Assim, eles poderiam focar totalmente em encontrar as melhores jogadas durante a preparação para os campeonatos.

Com isso, mesmo Sdy sendo um jogador que acabou de chegar na NAVI, teve a oportunidade de participar em um dos campeonatos mais importantes da temporada. Junto de seus teammates ele foi campeão da BLAST Premier: Spring Finals 2022, contrariando as expectativas.

Agora, a equipe prepara-se para o Intel Extreme Masters Season XVII – Cologne, com a certeza de que Sdy estará no squad. Além disso, a organização disse que a permanência futura do veterano dependerá dos resultados nos próximos campeonatos.

Atuações do jogador em diferentes papéis

Ao ser questionado sobre as funções que desempenha dentro das partidas da NAVI, Sdy deu informações interessantes. Primeiramente, disse que teve que aprender e entender muitas coisas novas sobre CS:GO.

Principalmente porque a organização tem uma visão de estratégia dentro de jogo diferente de qualquer outra da qual ele já participou. Além disso, falou que teve dificuldades de se adaptar no início a essa nova dinâmica pela diferença de qualidade de treinos e de companheiros de equipe.

Porém, depois de alguns treinos e jogos, disse que foi capaz de melhorar muito o seu estilo de jogo. Ainda mais na segunda metade dos rounds, onde as execuções precisam de mais coordenação e as trocas de abates necessitam eficiência.

Também disse que teve que estudar os diferentes mapas para entender o que faria em cada um deles. Isso se deve ao papel único em cada situação de jogo, a depender do mapa e do placar.

Opiniões sobre CS:GO e sua saída da Ucrânia

Quando questionado sobre o sistema de campeonatos internacionais de DOTA 2, Sdy deu uma resposta interessante. Disse que sente uma certa inveja do mundial do jogo e sua estrutura.

Leia também: Overwatch 2 – Veja como ganhar a skin Médica Brigitte

Porém, afirmou que se o CS:GO tentasse adotar um estilo parecido quebraria com o ecossistema do jogo. Ainda disse que dentro de DOTA 2, apenas no mundial é mostrado alto nível de gameplay, diferentemente do Counter Strike.

Ao fim da entrevista, foi perguntado sobre sua saída da Ucrânia devido à guerra contra a Rússia. Então, ele disse que precisou de um visto de atleta temporário, que permitiu ele viajar até a competição. Por fim, disse que precisará fazer todo o trâmite legal para cada campeonato, confirmando que voltará ao país com data marcada.

Capa: Stephanie Lieske/ESL