iconBR DE EN CN ES RU
Image
Icon
Felipe | 23. novembro 2022

CS:GO – O que aconteceu com a Liquid no Major Rio

A Team Liquid passou por muita coisa nesta temporada de CS:GO. Assim, resgatando parte da equipe que surpreendeu o mundo alguns anos atrás, evoluíram bastante até o segundo semestre de 2022.

Assim, depois que YEKINDAR estreou como substituto no lugar de shox, as coisas literalmente decolaram para a equipe norte-americana. Muitos até mesmo consideravam a equipe como uma das favoritas para o IEM Rio Major, principalmente pelo grande nível que demonstraram nos últimos meses. Porém, as coisas foram bem piores do que o esperado, e YEKINDAR foi quem explicou o que aconteceu.

PGL MAJOR YEKINDAR CSGO

Imagem: PGL

Team Liquid no IEM Major Rio de CS:GO

Sem dúvidas a Team Liquid foi a equipe que mais surpreendeu neste ano de CS:GO. A equipe teve o retorno de nitr0, que estava jogando Valorant profissionalmente, como capitão e passou por trocas de jogadores. Porém, as coisas realmente começaram a dar certo para a equipe depois que YEKINDAR entrou como 5º jogador.

Assim, sendo uma das melhores equipes de CS:GO do mundo, a Liquid acabou sendo eliminada muito rápido no Major do Rio. Assim, decepcionando a grande quantidade de fãs no país, acabaram voltando para casa com um gosto amargo na boca, imaginando o que poderia ter acontecido.

As expectativas eram altas para a equipe, tanto da comunidade quanto dos próprios jogadores. No último grande campeonato de CS:GO, a 16ª temporada da ESL Pro League, acabaram ficando como vice! Tudo indicava que a equipe ia chegar no Brasil ainda mais forte, possivelmente no nível da FaZe e NaVi, mas a equipe não conseguiu repetir a forma de Malta em solo brasileiro.

Talvez a maior surpresa, mesmo que negativa, tenha sido a péssima performance de YEKINDAR, que até o momento vem sendo a estrela do time. Assim, chegou no Major brasileiro com uma média de 1.16 desde que entrou na equipe, mas acabou saindo com apenas 1.00, segundo a HLTV.

Claro, a classificação é uma das maneiras mais rápidas de medir o impacto que um jogador de CS:GO está tendo, assim como está acontecendo com James da Outsiders. Porém, até mesmo o próprio jogador afirmou que poderia ter jogado muito melhor, mas que não se pode contar apenas com a estatística.

Opinião de YEKINDAR

Em entrevista para a HLTV, YEKINDAR afirmou que “pessoalmente, é muito difícil encontrar o equilíbrio entre investir no macro da equipe e focar em seu desempenho individual. Eu não posso necessariamente focar 100% no macro pois minha habilidade pessoal vai ser prejudicada. Assim, estou tentando encontrar um equilíbrio entre os dois, buscando o melhor que pode funcionar para a equipe.

Ele ainda comenta que não acredita que estava jogando mal. Por mais que seu rating tenha ficado em 1.00, ele deu tudo de si para buscar mais chances da equipe conseguir a vitória. Porém, ao mesmo tempo afirma que poderia estar jogando melhor.

Leia também: CS:GO – O Novo jogador da NaVi

Agora, a Liquid tem a oportunidade de mostrar tudo o que aprendeu com o Major a partir de agora. Assim, poderão redimir o baixo desempenho do último campeonato agora na BLAST Premier Fall Final, que está acontecendo na Dinamarca com um prêmio de $425.000.

Por fim, o jogador disse que a equipe ainda não discutiu quais os objetivos para o futuro pois a temporada ainda está em andamento. Porém, todos estão buscando os melhores resultados no torneio, garantindo uma vaga na final mundial BLAST Premier que tem como prêmio 1 milhão de dólares e acontece em dezembro.

Capa: @TeamLiquidCS